V O C A L O I D
Você é fã de Vocaloid?
Gosta das músicas e dos personagens?

Então pra quê esperar?!
Junta-te a nós! 8D

V O C A L O I D

Fórum Português & Brasileiro dedicado a VOCALOID
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  Oriental DreamsOriental Dreams  

Compartilhe | 
 

 [Fic] Minha Lua - KH Fic

Ir em baixo 
AutorMensagem
ChihayaKisaragi
Cendrillon
Cendrillon
avatar

Feminino Mensagens : 6404
Idade : 25
Localização : Sound Horizon Kingdom
Emprego/lazer : Ficwriter
Humor : Revo Heika *o*

MensagemAssunto: [Fic] Minha Lua - KH Fic   Dom 10 Abr 2011, 17:38

Minha Lua


Quando isso tudo começou? Acho que foi quando Kairi se confessou para o Sora e ele correspondia os sentimentos dela. Eu amava Kairi, mas nunca revelei isso a ela e nunca vou revelar, os dias continuavam normais exceto por eu ser a vela e a escuridão no meu coração aumentar, isso me incomodava não queria nutrir sentimentos ruins pelos meus amigos. A salvação começou quando recebemos uma carta do rei Mickey nos convidando para irmos ao castelo. Lá recebemos a notícia que iríamos ao um baile com ele e a rainha Minnie, não queria ir então tentei convencê-los para me deixa ficar, resultado? Estou em uma nave extremamente luxuosa atravessando os mundos em direção ao Metsusatsu, um dos reinos do mundo Yori.

- Gente já estamos chegando ao mundo Yori! – disse rei Mickey que estava entusiasmado.

- Que bom! Mal posso esperar para chegar! – Kairi era outra que estava super animada e linda também trajava um vestido tomara-que-caia longo rosa claro, luvas que ultrapassavam os cotovelos e um colar de perolas, ela parecia uma princesa.

- Eu também! Faz tempo que não vejo a Taiyouhime e a Tsukihime, quero vê-las!

Exceto eu, todos estavam animados, como conseguiam? Também não os culpo por eu estar com um coração a ponto de ir para escuridão de novo.

- Quem são essas duas? – Sora como sempre curioso.

- São as pessoas que nos convidou, esse é o baile de 17 anos da Tsukihime. – eu admito que não entendi nada o que a rainha falou geralmente as pessoas fazem baile de 15 e 18 anos, mas 17 muito estranho.

Antes que Sora pudesse fazer mais alguma pergunta, o rei Mickey o interrompeu.

- Chegamos ao mundo Yori! – rei Mickey foi o primeiro a sair da nave e nos o acompanhamos.

- O senhor deve ser o rei Mickey do Castelo Disney? – perguntou um senhor que me lembrava um cocheiro.

- Sim, sou eu mesmo! O que deseja?

- Eu irei levá-los para Metsusatsu, por favor, me acompanhem!

Sim, ele era um cocheiro, rapidamente entramos em uma carruagem que nos levava ao reino Metsusastu.

- Como em um mundo pode haver vários reinos? – pela primeira vez na noite eu abri a boca, todos ficaram me olhando um pouco surpresos.

- Pode parecer estranho, mas neste mundo ocorre da seguinte forma são 7 reinos, mais uma ilha, que dizem que é uma ilha sagrada. Esse 7 reinos veneram a mesma deusa.

- Estão falando sobre a lenda da deusa Yori? – perguntou o cocheiro.

- Quase isso, estamos falando sobre a estrutura do mundo Yori, mas como é essa lenda? Eu nunca ouvi falar dela!

O cocheiro começou a nos contar sobre a lenda, mas como a história durou a viagem toda, não estou brincando a história durou a viagem toda, vou dar uma resumida a deusa Yori criou este mundo, que naquela época não tinha nome, como ela exagerou no tamanho dividiu a terra em 7 ilhas enquanto ela ficava na ilha central, escolheu 7 pessoas para governar os reinos, mas para governar esses reinos essas pessoas necessitavam de poderes, ela atendeu o pedido deles, por um tempo deu certo o problema foi depois que alguns governantes desejaram cada vez mais poderes.

Os que desejavam mais poderes se reuniram para derrotar a deusa a conseguir os poderes dela, pode ser dizer que 6 dos 7 queriam mais poder. Com isso eles travaram uma guerra os 6 governantes de um lado e do outro a única que não quis e a deusa Yori, no fim a guerra foi em vão, vitória da deusa, porém a batalha acabou com os poderes dela, Yori, to cansado de usar deusa na frente do nome, divide sua alma em 7 partes, 6 parte entrega as pessoas de confiança que seriam os novos reis e rainhas dos outros reinos, a última e mais importante foi entregue ao seu braço direito a rainha de Metsusatsu, conhecida como Tsuki. Quando o mundo estive-se pronto ela voltaria, mas para isso os 7 pedaços de sua alma teriam de estar juntos.

A rainha Tsuki prometeu que iria reuni-las quando o mundo estive-se pronto, antes de “morrer” Yori chamou estes fragmentos de Seven Moons, bem original o nome não é?

E é assim que a história termina, quando nós chegamos no palácio gigantesco um monte de garotas que estavam do lado de fora ficaram olhando para minha cara, admito que eu estava deslumbrante com aquele smoking preto que dava um contraste com os meus cabelos pratas, mas aquilo me incomodava não estava com paciência para elas hoje e o Sora abriu a boca para piorar as coisas.

- Ae Riku mal chegou e a mulherada só de olho em você!

- Não começa Sora, alias acho que elas estão de olho em você! - deu o meu sorriso de sempre, era fácil enganá-los com esses sorrisos.

- O meu Sora não, ele é só meu! Tudo bem que ele pode estar deslumbrante com esse smoking azul marinho, mas ele é só meu! – disse Kairi de forma tão manhosa o abraçando.

Comecei a rir, Sora e Kairi me acompanharam logo fomos chamados pelo rei Mickey e a rainha Minnie quando entramos no salão fiquei deslumbrando com a visão, o salão era lindo, era tudo tão harmonioso a música, a arrumação, tudo nele lugar era perfeito logo percebi uma mulher loira com os cabelos até os pés e olhos vermelhos sangue trajava um vestido azul claro longo com mangas, que parecia arrastar no chão e deixava apenas o colo transparecer, com bordados brancos nas pontas das mangas e na do vestidos, utilizava um colar com o pingente em forma de sol e uma coroa.

- Taiyouhime! – rei Mickey abriu seus braços e foi em direção a ela.

- Rei Mickey, rainha Minnie que bom revê-los! – cada vez que via essa mulher ela me surpreendia primeiro foi com a beleza estonteante e agora com uma voz maravilhosa tão calma e doce.

Eu, Sora e Kairi ficamos admirando enquanto ela conversava com o rei e a rainha, a conversa parecia estar agradável até que ela levanta a cabeça e olha para nós e nos mostra um grande sorriso.

- Quem são eles?

- Os mestres da Keyblade Sora e Riku e a uma das princesas do coração Kairi. – assim que o rei Mickey nos apresentou fizemos uma reverencia.

- É um prazer em conhecê-los! E ter pessoas como vocês aqui é uma honra!

- Sora, Riku, Kairi essa é a rainha de Metsusatsu, Amaterasu Miyazaki ou simplesmente Taiyouhime.

Eu não conseguia falar nada, ela fazia jus ao titilo de Taiyouhime seu sorriso parecia o Sol, ou melhor, era tão radiante quanto uma, Kairi, rainha Minnie e rei Mickey conversavam agradavelmente enquanto eu e Sora apenas a admirávamos.
- Amaterasu é melhor nós irmos andando há mais convidados chegando! – um cara alto de cabelos compridos e pretos, pele alva e uma roupa bem esquisita parecia um vestido vermelho com uma abertura na lateral e uma calça preta, bem estranho.

- Claro querido estou indo! – Taiyouhime olhou para ele e depois para nós. – Pena que eu não posso mais tampo com vocês, por favor, venham me visitar mais vezes.

- Claro nós viremos! – rainha Minnie respondeu.

- Traga-os da próxima vez, quero conhecê-los melhor! Então pessoal divirtam-se!

Taiyouhime se despediu com um grande sorriso, nós andados um pouco até que a pista de dança foi aberta rei Mickey e rainha Minnie foram um dos primeiros casais a dançar os seguindo Sora e Kairi, fiquei sozinho encostado no canto tomando vinho apesar de ser menor de idade eu estava bebendo. Logo uma garota qualquer se aproximou de mim e começou a puxar papo e eu já havia entendido que ela queria dançar comigo para não perder tempo a chamei para dançar.

Me arrependido de ter feito isso, depois que dancei com aquela garota, outras vieram atrás de mim como se fosse um urubu atrás carniça, Kairi e a rainha Minnie me salvaram algumas vezes, mas não a maior parte da noite. Um grupo de garotas estava me rodeando me chamando para dançar e eu tentando recusar os pedidos, até que ela apareceu.

Só notei a presença dela quando vi aquelas roda de garotas abrirem e elas se curvarem diante da menina que se aproximava, cabelos longos que iam até a metade de suas pernas e prata, vestido longo preto com alças na qual as alças tinham um bordado que ia até os ombros, com uma fita branca no meio que levava ao um laçarote atrás, luvas pretas do mesmo tamanho do da Kairi, salto preto e uma fita preta amarrada no pescoço com uma pedra vermelha no meio, como ela prendeu aquilo ali eu não sei, mas que dava um charme à mais dava. Pena que não dava para ver seus olhos ela utilizava uma máscara preta com detalhes pratas.

Caminhava tranquilamente em minha direção, as outras saiam de perto o mais rápido possível, todos no salão no olhavam quando ela parou na minha frente estendeu a mão.

- Dança comigo? – perguntou com uma voz suave e doce, todos ficaram olhando espantados, até por que eu é quem deveria fazer o convite e não ela.

Ela era muito corajosa, todos olham surpresos, até a Taiyouhime e seu marido nos olharam surpresos, dei um sorriso sarcástico.

- Sim! – segurei a mão dela e fomos até o centro do salão.

- A propósito meu nome é Mizuki Miyazaki, mas você pode me chamar de Tsukihime. – gelei ao ouvir esse nome, agora entendo o porquê todos a reverenciarem e olharem daquele jeito.

- Meu nome é Riku é um prazer em conhecê-la Tsukihime!

- Igualmente!

Começamos a dançar, admito que sou bom em dançar valsa, mas ela dançava perfeitamente, era incrível.

- Você dança bem! – disse ela

-Obrigada! Eu não tenho nem palavras para te elogiar, acho que bom pra senhorita é pouco.

Ela começou a rir, um sorriso cativante e maravilhoso, gostaria de vê-la sorri eternamente.

- Obrigada! Mas não é pra tanto a minha irmã dança muito melhor que isso! E sem formalidades pode me chamar de você.

- Tudo bem então! – eu me sentia incomodado por não poder olhar em seus olhos, não entendia o porquê da mascara. – Por que você utiliza essa máscara?

- Por que a regra até completar 15 anos tem que utilizar essa máscara em público.

- Quando você faz 15? - isso não é normal eu nunca fui tão curioso com a vida das pessoas, mas eu precisava desvendá-la.

- Já fiz a 2 anos atrás! A verdade é que no ano que eu completaria 15 anos minha mãe faleceu então decidi utilizar a máscara por mais um ano em respeito à memória dela, mas no ano seguinte me pai faleceu então tomei a mesma decisão e finalmente hoje eu poderei tirar esta máscara.

- É mesmo a rainha Minnie havia me dito isto! Então parabéns!
-Obrigada! - ela me mostrou um maravilhoso sorriso, senti estar nas nuvens. – Pode me fazer um favor?

- Claro!

- Tem como dançar comigo a noite toda? – notei que suas bochechas ficaram vermelhas, ela fica ainda mais fofa corada.

- O que você desejar até por que hoje é seu aniversário!

- Obrigada!

Ficamos das 21:00 até as 23:30 dançando, parávamos ás vezes, mas era intervalo de 10 minutos ou menos, trocamos de pares só três vezes na qual eu dancei com Kairi e ela com Sora na primeira logo depois foi a rainha Minnie e o rei Mickey e por último Taiyouhime e seu marido. Sobre a Taiyouhime dançar muito melhor que ela era verdade. Tsukihime me pediu para acompanhá-la a um local e eu a atendi. Ela foi andando para o jardim do castelo, eu comecei a estranhar, cada vez que adentrávamos no jardim mais distante ficávamos castelo chegamos a um local onde havia um banco e em volta desse banco pilastras muito semelhantes aos que vi em Olympus Coliseum e lá só recebia a luz da lua, sentamos ali no ínicio só havia o silêncio até a Tsukihime o quebra-lo.

- Riku posso fazer uma pergunta?

- Claro que pode! – olhei para ela, que continuava com o rosto em direção ao céu, me pergunto se estava fitando a lua.

- Há algo que está te incomodando? – ela virou o rosto em minha direção, queria tanto poder observar seus olhos por atrás dessa maldita máscara.

- Eu estou bem Tsukihime, não precisa se preocupar. – sorri o mesmo sorriso falso de sempre.

- Está mentindo! Se você estive-se bem seu coração não estaria a ponto de ser coberto pelas trevas… e pela segunda vez.

Gelei, fiquei imóvel, surpreso, jamais em toda minha vida poderia imaginar que alguém que me conheceu algumas horas atrás poderia saber tanto de mim. Fiquei, por um curto espaço de tempo, fitando-a, mas uma vez um sorriso sarcástico surgiu em meus lábios.

- Parece que descobriu! Isso é verdade, meu coração está preste a ser dominado pelas trevas de novo.
- É por causa da menina de cabelos vermelhos não é?

- Acertou de novo, mas não a culpo ninguém tem culpa por amar a pessoa errada.

Tsukihime se levantou fazendo com que a lua a ilumina-se ainda mais.

- Riku qual é o seu sonho?

Ela mudou de assunto completamente, não entendia o porquê, mas decidi segui-la.

- Não tenho sonhos! Ou melhor, não tenho mais sonhos! Antigamente sonhava em sair da ilha em qual viva e conhecer o mundo de certa forma realizei isso, mas da forma errada e hoje eu estou pagando.

- Então em uma época compartilhamos do mesmo sonho. Eu não tenho como escapar deste sonho, por que é a minha missão também.

Ela se virou e me mostrou um seu melhor sorriso da noite, aquela lua no fundo a deixava mais bela, queria poder admirá-la por mais tempo, mas a curiosidade falou mais alto.

- Missão?

- Sim, desde que nasci tenho uma missão a cumprir, eu sou a responsável por trazer a deusa Yori de volta. – ela se sentou ao meu lado de novo continuava com o seu sorriso maravilhoso.

- Então você é a responsável pela Seven Moons?!

- Isso mesmo!

- Agora entendi o porquê de todos te chamarem de Tsukihime.

- Riku… - ela colocou as mãos em meu rosto e meu beijou.

Fiquei surpreso por tal atitude, mas aproveitei, seu beijo tinha gosto de doce de leite, bem a cara dela. Aos poucos senti meu coração purificado, toda escuridão que existia nele estava desaparecendo, quando nós nos separamos já não existia um resquício das trevas nele. Olhei para ela e leve minha mão ao meu coração.

- Como conseguiu?
- O que? Purificá-lo? Isso foi muito fácil! – sorriu e eu continue parado olhando para ela como um idiota. – Vamos voltar? Minha irmã deve estar desesperada atrás de mim, daqui a pouco vou retirar esta máscara.

- Então é melhor nos voltarmos logo!

Assim que levantamos notei que no locar havia muitas rosas brancas, o engraçado é que quando chegamos não tinha nenhuma. Ela já estava na minha frente tive que correr um pouco para alcançá-la, a viagem foi silenciosa quando já dava para ver o castelo senti um presença familiar, vi Sora, Kairi, rei Mickey e rainha Minnie correndo para fora do castelo, tirando a rainha Minnie, todos estavam com a keyblade na mão, sabia que algo não estava certo segurei a mão da Tsukihime e sai correndo. Sora foi o primeiro a me ver.

- Riku onde está? E o que a Tsukihime está fazendo com você?

- Isso não é importante agora! O que está acontecendo?

- Não sentiu essa presença? – rei Mickey parecia estar aflito.

- Heartless e nobody, eles estão aqui! – disse Kairi apreensiva.

- E o que seria isso?

Quando olhamos para trás vimos Taiyouhime e seu marido. Ainda estava de mãos dadas com a Tsukihime, nos soltamos rapidamente.

- São seres que roubam os corações das pessoas, são muito perigosos! – rainha Minnie estava muito nervosa, a última coisa que ela iria querer era heartless e nobody ali.

- Olha lá!

Sora apontou para a grande massa de heartless e nobody que viam em nossa direção. Invoquei minha keyblade.

- Espere um pouco! – Taiyouhime se dirigia para frente de todos nós.

- Não temos tempo! – falou rei Mickey, mas Taiyouhime não deu ouvidos.

Ela estendeu a mão um circulo mágico apareceu em nossa frente e ela recitou algumas palavras:

- Obedeça aquela que te invoca Ken tennou no taiyou.
A mão da Taiyouhime começou a pegar fogo até este fogo tomar a forma de uma espada, Taiyouhime balançou as mãos da direita para esquerda, soltando várias rajadas de fofo. Em vão, o ataque não funcionou, a espada desapareceu e ela caiu de joelhos já fraca. Nós não perdemos tempo, fomos para cima deles. Eu e Sora, que estávamos na frente, matamos vários e os que escapavam morriam nas mãos do rei e da Kairi, mas eram muitos e nós não aguentaríamos por muito tempo. Vários heartless e nobody conseguiram passar pela gente, mas não entraram no castelo, pois rainha Minnie, Taiyouhime e seu marido não permitiam. Estava muito concentrado na luta.

- OLHEM LÁ! – Kairi gritou e apontou para o céu, quando olhei fiquei espantado, vários corações flutuando, com certeza era do povo de Metsusatsu.

Desesperei-me, tinha que fazer alguma coisa, não queria que aquele povo sofre-se por causa de series como esse, não queria que ela sofre-se. Escutei um barulho atrás de mim, quando olhei vi um dusk preste a me atacar antes que eu pude-se reagir o vi ser cortado ao meio e desaparecer.

- Você está bem? – perguntou o marido da Taiyouhime.

- Estou muito obrigada por me salvar. Como está a Taiyouhime?

- Não se preocupe ela está bem! Seu nome é Riku não é? Sabe onde está a Tsuki-chan?

- Ela estava com a Taiyouhime e a rainha Minnie. Por que ela não está mais lá?

- Não, ela sumiu, eu vou continuar procurando por ela.

- Tudo bem! Se eu tiver algum sinal dela, irei te avisar.

- OK, obrigada!

Jin acho que este era o nome dele que a rainha Minnie falou há um tempo, continuou lutando atrás da Tsukihime enquanto eu eliminava mas heartless e nobody. Continuava a lutar, quando um samurai apareceu na minha frente, fez a típica posição de batalha, antes que eu pudesse fazer o mesmo vi um vulto passando ao meu lado e ficando em minha frente. O mesmo cabelo prata, o mesmo vestido preto, agora sem luvas, sem salto e com uma espada na mão, fez um gesto de colocá-la na cintura, afastou os pés, curvou um pouco mais o corpo, segundos passaram quando os dois atacaram ao mesmo tempo. Os dois parados com as espadas para o céu, cada um do lado contrário, o samurai não aguentou começou a desaparecer e ela olhou para mim, ainda com aquela máscara preta no rosto.

- Você está bem, Riku? – ela veio se aproximando.

- Sim, Tsukihime é perigoso ficar aqui, volte para perto de sua irmã!

- Riku que tipo de resposta é essa, eu sei lutar ta.

Não consegui responder, não com a cena que vi, a mascara estava rachando lentamente, até que finalmente ela quebrou por completo. Finalmente puder ver seus belos olhos.

- Tsukihime… a máscara… - não terminei a frase apenas apontei.

- Eu sei finalmente estou livre dela. – ela arrancou os últimos pedaços da mascara me mostrando um lindo sorriso, fiquei estático.

Era um conjunto de perfeição, o rosto tão suave, seus olhos numa tonalidade vermelho sangue, tão profundos, ela era linda!

- Parece que você foi o primeiro homem a me ver sem a máscara. Bom, vamos terminar logo com isso!

Tsukihime direciona sua espada para o céu, logo a espada começa a brilhar.

- Purifique toda a escuridão em nome da deusa Yori!

Uma grande rajada de luz começou a sair da espada dela matando todos os heartless e nobody, todos os corações que estavam no céu, foram purificados e voltavam para seus donos. Quando tudo acabou, ela ficou olhando para mim, até todos se aproximarem.

- Riku você está… - Sora que era o primeiro a vir correndo ficou paralisado ao ver o rosto da Tsukihime, não só ele mais todos.

- Parece que finalmente você pode tirar esta máscara! – disse rainha Minnie com um grande sorriso em seus lábios.

Todos se mostravam muito felizes ao vê-la sem máscara, até a mesmo a Taiyouhime que no deu um esporo, mas estava muito feliz por finalmente ver sua irmã livre, voltamos para dentro do castelo, todos a olham surpresos ou há admirando.

- Meus caros amigos, mesmo tendo esta luta que estragou nossa festa, gostaria de oferecer uma última dança para comemorar o livramento de minha irmã.
Quando a música começou a tocar, estendi minha mão na direção da Tsukihime que deu um largo sorriso e aceitou. Assim que a dança terminou o sino da igreja começou a tocar, doze badaladas, olhamos um para o outro e começamos a rir, agora sim eu poderia ver a felicidade em seus olhos.

Todos já estavam indo embora, antes de partirem Taiyouhime, Tsukihime e Jin, iam se despedi de cada na carruagem. Quando eles finalmente vieram se despedir de nós.

- Espero que tenham gostado da festa?! – Taiyouhime e seu maravilhoso sorriso.

Rei Mickey, rainha Minnie, Sora e Kairi se aproximaram da Taiyouhime e de Jin começaram a conversar com eles. Já a Tsukihime veio falar comigo.

- Obrigada por hoje! – falou Tsukihime.

- Não há de que Tsukihime foi um prazer está com você.

- Espero que venha aqui mais vezes, estarei esperando por você. Ah e pode me chamar de Mizuki.

Senti o meu coração acelerar, estava parecendo um idiota.

- Tudo bem Mizuki tentarei vir mais vezes. – vi a alegria naqueles orbes vermelhos e seus lábios me mostram mais uma vez seu maravilhoso sorriso.

Adorava vê-la sorri, adorava vê-la tão feliz, fiquei admirando-a, até ela me abraçar retribui o abraço.

- Estarei para sempre te esperando! – disse Mizuki sussurrando.

Nós não ficamos por muito tempo abraço, assim que ela me largou foi abraçar os outros sempre dizendo “Obrigada por tudo!”. Entramos na carruagem nos despedimos deles e partimos.

- Então Riku o que achou? – perguntou rei Mickey.

- Foi simplesmente maravilhoso. – mostrei um sorriso diferente do que eles estavam acostumados a ver, eles trocavam olhares surpresos.

- A propósito não esperava a Taiyouhime e a Tsukihime serem tão poderosas. – disse Sora.
- Os poderes da Taiyouhime e da Tsukihime são baseados na luz e escuridão, enquanto a Taiyouhime pode tirar a luz do coração de alguém a Tsukihime retira a escuridão. Por isso tanto que a Taiyouhime e a Tsukihime são tão harmoniosas. Me espanta a Taiyouhime ter usado uma magia de fogo. – a rainha Minnie tinha razão em relação ao poder da Tsukihime.

- O que você acha Riku? Já que você ficou tanto tempo com a Tsukihime? – Sora perguntou tentando achar uma brecha para me sacanear.

- A rainha Minnie está certa em relação ao poder da Tsukihime.

Todos ficaram me olhando surpresos, como seria daqui pra frente.

--------------------------------------------------------------------------------------

Amaterasu, Mizuki e Jin já estavam dentro do castelo dando ordens para os empregados arrumarem tudo.

- Você não tem algo para me contar Mizuki? – perguntou Amaterasu.

- Tenho sim, eu beijei o Riku e purifiquei o coração dele!

- Tão direta! – falou Jin espantado.

Uma empregada estava passando na hora, quando Mizuki a chama.

- Por favor, poderia ir ao Templo da Lua e pegar algumas rosas brancas e colocá-las em um buquê para mim.

- Claro Mizuki-sama!

A empregada se curvou e saiu, Amaterasu e Jin olharam espantados.

- Mas lá não nasce nenhum tipo de rosa. – Amaterasu olham para sua irmã mais nova espantada.

- Agora nasce! – Mizuki apenas sorriu. - Vou me retirar, estou cansada. Boa noite! – deu um beijo no rosto da irmã e do cunhado e subiu para seu quarto.

- A sua irmã não esta muito bem!

- Não ela está sim, só está apaixonada! Vamos no recolher também querido!
Amaterasu e Jin vão em direção ao seu quarto, enquanto Mizuki fica na varanda de seu quarto observando a lua.

- Riku, que cara misterioso, espero poder encontrá-lo de novo. Não tenho certeza que vou encontrá-lo de novo.

Mizuki fica observando a lua até seu buquê de rosas brancas chegarem, assim que chega ela vai dormir. Com a certeza que encontraria ele de novo. Já na nave em direção a Disney Castle, Riku adormece e naquela noite ele sonha com a sua lua particular, o primeiro de muitos.

Tsukihime:

Spoiler:
 

Taiyouhime:

Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Fic] Minha Lua - KH Fic
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» BH Speedrom - a minha fininha espanhola
» A minha scooter não pega
» A minha pit bike 125
» Vendo a minha mota!IMR 160
» A minha primeira moto - Sym Wolf 125c

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
V O C A L O I D :: OFF - :: Fanfics :: Completas-
Ir para: