V O C A L O I D
Você é fã de Vocaloid?
Gosta das músicas e dos personagens?

Então pra quê esperar?!
Junta-te a nós! 8D

V O C A L O I D

Fórum Português & Brasileiro dedicado a VOCALOID
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  Oriental DreamsOriental Dreams  

Compartilhe | 
 

 [Shorfic Vocaloid] My Synchronicity

Ir em baixo 

Está gostando a Fic? Devo continuar a posta-la?
Sim
86%
 86% [ 6 ]
Não
0%
 0% [ 0 ]
Ca#$%@* ta muito Fo%#
0%
 0% [ 0 ]
Aff ta horrivel, nem vo mais ler ¬¬
0%
 0% [ 0 ]
Nyan desu~~
14%
 14% [ 1 ]
Total dos votos : 7
 

AutorMensagem
Evangeline_Yue
Hiyama Kiyoteru
Hiyama Kiyoteru
avatar

Feminino Mensagens : 628
Idade : 20
Localização : Rio de Janeiro
Emprego/lazer : Dançar, cantar, desenhar, dançar, cozinhar, dançar...eu já disse dançar?
Humor : Eu sou um tanto instável

MensagemAssunto: [Shorfic Vocaloid] My Synchronicity   Dom 13 Nov 2011, 22:10

Bom, 1° oque é um shorfic? É uma fanfic bem curta, com no minimo 2 capitulo e maximo 5, nesse caso são 3 capitulos.

Essa história é baseada na saga Synchronicity dos vocaloids, quem já viu sabe que a saga não tem final, bom, final tem, mas nunca foi aberto ao publico, e minha fic começa mais ou menos apartir dos 3:00 minutos do segundo vídeo.
Por favor, assistam os videos se não você não vão entender a história e qualquer duvida me perguntem.



(O rumo da história muda apartir dos 3:09 minutos desse vídeo)


My Synchronicity



1° Capitulo

Len entrou na caverna, abaixo de uma montanha, escondida na terra, onde diziam estar à mulher eu mandou prender sua irmã, não tinha sido uma boa ideia invadir o palácio, agora a rainha Luka sabia de seu objetivo e estava vindo atrás dele.

Kaito,Gakupo e Meiko andavam atrás deles, Meiko ainda um pouco assustada depois de quase ter sido morta por Ruko, uma grande amiga dela que Meiko disse estar enfeitiçada pela voz de Luka, Ruko quase se tornou uma das Divas, mas foi impedida e presa no palácio.
Acendeu uma tocha e foi mais fundo na caverna, falou para seus companheiros esperarem do lado de fora e entrou sozinho, indo mais fundo encontrou um lugar que brilhava com uma luz azul fraca, entrou nesse lugar e foi surpreendido.

-Quem está ai? – Len quase foi atingido por uma esfera de luz e trevas brilhante que ao se chocar com a parede de pedra quebrou um pedaço da parede

O Lugar se acendeu, era uma grande caverna, um lugar localizado bem no meio brilhava como diamante azul com grandes pilastras igualmente brilhantes, no centro estava uma bela mulher, seus longos cabelos azul áqua se arrastavam pelo chão, a roupa preta e azul era elegante e provocativa, seus olhos estavam tapados com uma mascara preta, mas sua expreção era triste e solitária

-Seja quem for, saia – sua voz, doce e harmoniosa, já era uma musica sem que nem cantasse mas estava cheia de armaguras.
Era a sarcedotisa Miku, a mulher que mandou levar Rin embora, a mulher que destruiu sua família.

Len sentiu o sangue ferver dentro de suas veia, sentiu vontade de enfiar sua espada no coração dela, mas duvidava que ela tivesse um.
Viu ela levantar de seu trono e ir até ele em passos delicados, parecia que mesmo sem ver, ela conseguia saber onde ele estava.

-Você é Kagamine Len, não é? – ela o surpreendeu, como sabia disso – Sabia que viria... por favor, me ajude – a sarcedotisa caiu de joelhos na frente dele – Por Favor, me ajude, não agüento mais – pequenas lagrimas vermelhas escorriam pela face da jovem, lagrimas de sangue

-Por que deveria ajudá-la? Você capturou minha irmã, matou minha pobre mãe, apenas para satisfazer seus caprichos

-Não, eu não fiz isso, não fui eu, por que todo me culpam – Miku olhou para cima, para o rosto de Len, com lagrimas de sangue escorrendo pelos olhos manchando sua mascara e seu vestido - a feiticeira, é tudo culpa dela, ela tinha inveja, inveja de mim, enfeitiçou meu reino, apenas um canto doce ou meu sangue derramado poderia satisfazer seu coração e o feitiço - Len ouvia cada palavra da sarcedotisa sem interrompe-la, de algum modo sabia que ela falava a verdade - tentei me matar, mas me isolaram aqui, impedindo que eu pudesse salva-los, me vendaram e me colocaram aonde a luz não chega, eu não podia mais cantar, meu povo estava em perigo, uma amiga minha, um camponesa , ofereceu sua voz para me ajudar, durante anos ela cantou, mas a feiticeira invejosa não estava satisfeita, o dragão matou minha diva e eu não tinha voz, tentei de todos os modos, cantar novamente ou me matar, fui acorrentada e novamente impedida.

-E porque levaram Rin? – questionou

- A profetisa , disse a um fraco cavaleiro, o convencendo, de que a menina de dois, com seus cabelos dourados e olhos azuis teria a voz mais doce, tão doce quanto a minha, realmente tinha uma bela voz mas não a voz que quebraria o feitiço, tentei por varias vezes salva-la e libertá-la, mas meus poderes estão fracos contra aqueles que me aprisionam – a sarcedotisa da luz, presa nas trevas, de um modo de que não podia ver nem a própria luz , ela levantou, tinham a mesma altura, pousou suavemente a mão no rosto do rapaz a deslizado até chegar ao pescoço – sua pele é tão suave, aposto que pode sentir a luz do sol todos os dias, do seu nascer até se por – Len viu a grande diferença da sua pele, que mesmo que fosse bem pouco bronzeada, fazia um grande contraste com a pele branca como a lua da sarcedotisa, ela era apenas mais uma vitima, uma vitima como ele, uma vitima como a sua gêmea

-E porque não tira essa venda?

-Não posso, minhas mãos queimam se eu toca-la – ela disse tristemente

-Fique parada sarcedotisa –ele disse pegando sua espada – Isso só vai levar um segundo – ele desfez a mascara em mil pedaços tomando cuidado para que não machucasse a pele branca de Miku
Miku abriu os olhos devagar, já estava acostumada com a escuridão, mas agora, mesmo com a fraca luz que saia dela mesma e da tocha que estava com o garoto, ela sentiu desconforto.
Len viu ela abrindo os olhos lentamente, revelando os olhos verde mar da miko* ,os olhos mais bonitos que já viu e que agora estava felizes, exalavam gratidão e felicidade

-Obrigado- ela disse suavemente
Um estrondo foi ouvido

-O dragão – Miku se exaltou – cante!- ela disse para Len

-Por que?- ele disse

-Apenas cante! – ela ordenou

Ele começou a cantar, uma melodia envolvente, encantadora, logo uma segunda voz foi ouvida, mas não era a voz de Miku, era a voz de Rin

-RIN! – gritou o rapaz

Outro estrondo foi ouvido

-NÃO PARE DE CANTA – ela disse, alguns dos guardas entraram na sala onde eles estavam e junto com eles a nova soberana, Luka, Miku impediu que eles chegassem perto de Len criando uma barreira

-Você se tornou apenas um estorvo Miku – disse Luka ficando de frente para a miko do outro lado da barreira – Tentei de proteger porque es minha irmã, mas o povo me denominou a nova sarcedotisa, e você, será executada, junto com esse garoto, ele foi apenas um erro, não podem existir duas divas em uma mesma geração, a irmã dele em breve será entregue de sacrifício para o dragão e deixarei seu corpo apodrecer no fundo de um rio – Luka disse amargamente
Lagrimas, agora de água, saiam dos olhos de Miku, mas não era lagrimas de tristeza e sim lagrimas de dor e ódio

-Não deixarei que você faça isso, com pessoas inocentes, não deixarei você tomar O MEU REINO! - o poder de Miku explodiu, deixando Luka e os guardas caídos no chão durante um tempo – Não pare de canta nem por um segundo – disse Miku puxando Len
As vozes de Len e Rin se misturavam em uma sincronia perfeita

-Se segurem forte em mim – disse Miku abraçando o rapaz- ela explodiu a parede com uma enorme esfera de luz e se lançou pelo buraco junto com o rapaz, depois da parede, avia penas um penhasco, que dava para o oceano

-Atrás deles – ordenou Luka os guardas foram até o buraco mas viram penas os dois caindo de uma altura de mais de 30 metros no mar agitado – Esqueçam, de uma altura dessas, com o mar raivoso jamais sobreviverão
Mas sobreviveram, Miku tinha se agarrado a uma pedra perto do penhasco e subiu puxando Len com ela, sentaram nas pedras e respiraram por alguns segundos

- Venha, eu sei onde Rin está


* miko significa sarcedotisa e tem a mesmo pronuncia de Miku


Última edição por Evangeline_Yue em Ter 15 Nov 2011, 18:50, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Evangeline_Yue
Hiyama Kiyoteru
Hiyama Kiyoteru
avatar

Feminino Mensagens : 628
Idade : 20
Localização : Rio de Janeiro
Emprego/lazer : Dançar, cantar, desenhar, dançar, cozinhar, dançar...eu já disse dançar?
Humor : Eu sou um tanto instável

MensagemAssunto: Re: [Shorfic Vocaloid] My Synchronicity   Ter 15 Nov 2011, 18:49

Ninguém comentou *triste* Mas eu vi que algumas pessoas leram e isso me deixa feliz ^^
Só peço que, por favor, se leram e gostaram, deixei um comentários, nem que seja só um "Gostei"

É a 1° vez que escrevo uma fanfic desse tipo e costumo ser muito negativa quanto as coisas que escreve, então, comentem e faça uma altora feliz XD

Ai está mais um cap.



2° Capitulo

Miku levou Len até onde Rin ficava aprisionada

-Tem guardas por todos os lados – eles olhou de cima dos galhos das árvores – O que esta fazendo?- ele perguntou vendo Miku rasgar seu elegante vestido

-Está me atrapalhando – ela rasgou a ultima camada do vestido deixando ele bem curto

Len corou vendo as belas pernas da sarcedotisa, balançou a cabeça para afastar os pensamentos

-Tem outra entrada pelo outro lado, é um pouco pequena mas acho que da para passar se nos arrastarmos, temos que ter cuidado, junto de Rin dorme o dragão, mas temos que ser rápidos, Luka pode chegar a qualquer instante

-Então vamos- Len disse e Miku concordou, eles deram a volta na montanha pela floresta, foram até bem rápidos, logo eles avistaram uma entrada como uma caverna a uns 5 metro do chão- Teremos que escalar – Len disse e olhou para trás onde Miku estava mas- Mas em...? – ele olhou para frente e viu Miku já a 2 metros do chão

-Rápido, eles já devem estar chegando –ela disse fazendo força para subir

-Hã...Hai! –ele seguiu ela

Miku, por ser bem magra e ágil, passou com facilidade, mas Len teve um pouco mais de dificuldade
Quando finalmente conseguiram passar viram dois guardas parados em frente a uma porta

-Apenas dois? Que inúteis,eu cuido disso- disse Len e saiu correndo do esconderijo em direção aos guardas

-Espere –disse Miku puxando o rapaz pelo branco e pressionado ele contra a parede com seu corpo

-Mi Mi Miku-sama – o menino estava um tanto envergonhado com a posição dos dois e seus rosto estava muito corado

– Ouça – ela disse

“Porque estamos fazendo isso? É completamente inútil” um dos guardas disse

“Foram ordem da soberana Luka,e pare de reclamar” o outro respondeu rude

“Como se alguém fosse cair nesse truque idiota, e ainda por cima temos que guardas essa sala vazia”

“Pelo menos não estamos lá fora como ou outros...”


-Uma armadilha – disse Miku – não devia ter subestimado Luka, ela realmente pensou em tudo

Uma voz delicada voltou a cantar

- Kyozõ no rakuen no hate no (No fundo do paraíso artificial)
Fukai, fukai daichi no soko de (Dentro, dentro do fundo da terra)
Tada hitori inori no uta o (Eu estou destinada a cantar preces)
Utai tsuzuru sadame (Completamente sozinha)


-Rin... – Len ouvia o canto triste da gêmea – Você é brilhante!

-O que? – Miku disse confusa

-Ela está nos orientando, No fundo do paraíso artificial, no fundo da terra, ela está nos dizendo que está no subterrâneo- disse animado

-Mas os únicos lugares subterrâneos são minha prisão e... o tumulo da guerreira

-Onde?

-É o lugar onde está enterrado o corpo da mulher, da ultima Diva que desafiou o dragão,ela foi praticamente queimada viva, mas não foi o sacrifício do dragão, como desejou, imagino se ela ficou feliz com isso...

-Que pergunta idiota – disse Len- Ela lutou, lutou e morreu...

-Mas cumpriu seu objetivo, não ser devorada pela fera para alimentar o feitiço, você não entenderia, agora vamos, temos pouco tempo

Ele voltaram pelo mesmo caminho e foram para o meio da floresta

-Se segure em mim – Miku ordenou

Len colocou as mão nos ombros da sarcedotisa que suspirou de frustração, pegou os braços do garoto e colocou envolta da sua cintura fina ao mesmo tempo que abraçava o pescoço dele

-Não me largue de jeito nenhuma, a não ser que queira ser jogado na escuridão

Len apertou ainda mais o abraço e sentiu ser corpo ficar meio mole enquanto eram rodeados por um esfera de luz negra.

-Pode me solta agora –disse Miku

Eles tinha ido parar em um lugar semelhante a onde Miku estava presa, mas ali era muito mais sombrio

-Eu sabia que não tinha como a preciosa miko ser derrotada tão facilmente – uma voz vinda das sombras ecoou pelo lugar e Miku quase é atingida por um luz vermelha se não fosse por Len que se jogou encima dela fazendo os dois caírem no chão

- Yowane Haku... – Miku parecia tentar controlar todo o seu ódio – sua maldita bruxa vadia, eu vou arrancar cada fio de cabelo seu – Miku voou em direção a Haku, mas foi segurada por Len – Len, vá e pegue sua irmã, eu cuido dela

-Miku-sama...

-ANDA LOGO –Len foi em salvar sua irmã

Uma mulher de longos cabelos prateados e olhos vermelhos chorosos saiu das sombras

-Que saudades querida amiga – disse Haku

Haku ataca Miku que não teve tempo de se defender

PDV Len

Corri como nunca, deixando Miku para trás

Rin... Rin... onde você está?...

Aquele lugar era como um labirinto, milhares de caminhos, mas nenhuma porta, nenhuma luz.

-Utatte... – uma voz harmoniosa chegou aos meus ouvidos, apenas uma palavra cantada

-Miku-sama – sorri e pegando fôlego comecei
- Ore wa tatakau kowasu teme ni (Eu luto para por um fim)

- Watashi wa inoru mamoru tame ni (Peço proteção para um mundo brilhante) - ouvi a voz de Rin cantar comigo

-Kimi wa naiteta tada hitori de (Eu vi você chorar sozinha) continuei cantando e seguindo a voz de Rin

- Egao ga kobore hikari sasu sekai no tame ni (onde todos possam sorrir) – ela está perto! Muito perto

Corri o mais rápido que minhas pernas permitiam

Cheguei a um lugar escuro, estranho, como se fosse a parte interna e oca de um vulcão adormecido.

-Você... veio – Rin estava caída no chão, sua boca sangrava, ela estava quase tão branca quanto Miku, seus cabelos curtos e loiros estavam sem vida, assim como seus olhos, era como se ela fosse sonâmbula.

Corri para abraça-la

-Não se aproxime! – ela disse um pouco mais alto, vi algo se movimentar atrás dela, percebi que era o dragão, não via quase nada no escuro, mas é ele, tenho certeza – Onde está a sarcedotisa? – perguntou Rin, mas eu não poderia responder- Apenas ela pode matar o dragão, ONDE ELA ESTÁ? – gritou Rin e logo depois tossiu sangue

Tentei me aproximar para ajudá-la e o dragão se moveu novamente

Por favor Miku-sama, chegue logo!

PDV Miku

-Desgraçada! – eu ainda estava muito fraca, aquela maldita me derrubou com facilidade

-Que bela visão – ela aproximou-se, eu não podia impedi-la, seu ultimo feitiço acabou comigo, para cantar penas uma palavra gastei grande parte de minhas energias, era meu fim... –MORR...

Haku parou subitamente e eu vi uma espada atravessando seu estomago, sangue escorreu de sua boca em grande quantidade, a espada foi retirada e Haku caiu no chão, morta

-Fique longe da minha irmã bastarda – um homem, vestindo uma armadura pratiada e preta com uma capa branca que cobre parcialmente seu rosto, deixando visível apenas os lábios e alguns fios aqua

-Mikuo-nii-san – sorri fracamente- Você voltou Mikuo-nii-san

-Sim, eu estou aqui Miku-sama – ele limpou a espada com um lenço e colocou-a de volta na bainha, se ajoelhou do meu lado beijando minha mão – Parece bem fraca Miku-sama, não tem comido seus legumes? – ele diz sorrindo

-Não me chame assim...cof cof... – tossi, minha garganta doía – sou sua Imouto-chan, não sou?

-Sim você é... acho que temos um lugar importante para ir, não é?

-Len... tenho que ajuda-lo – tentei me levantar, sem sucesso

Mikuo me colocou nas suas costas, envolvi a cintura dele com as minhas pernas e coloquei os braços ao redor do seu pescoço

-Acha que é seguro deixa-la ai? – Mikuo indicou Haku com a cabeça

Balanceia mão de leve e pequenos feixes de luz começaram a envolve-la

-Ela não vai a lugar algum

Mikuo começou a correr para dentro do labirinto
-Por favor Len, cante, me mostre o caminho – eu dizia com dificuldade.
Usei meus poderes para iluminar o labirinto, mas mesmo assim a luz era fraca.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Eos
Mod. RPG
Mod. RPG
avatar

Masculino Mensagens : 3530
Idade : 31
Localização : Caçapava-SP
Emprego/lazer : Designer 3d de ônibus, Fuçador de Photoshop xD
Humor : ???

MensagemAssunto: Re: [Shorfic Vocaloid] My Synchronicity   Qua 16 Nov 2011, 07:05

Gostei da fic Eva-chan ^-^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Evangeline_Yue
Hiyama Kiyoteru
Hiyama Kiyoteru
avatar

Feminino Mensagens : 628
Idade : 20
Localização : Rio de Janeiro
Emprego/lazer : Dançar, cantar, desenhar, dançar, cozinhar, dançar...eu já disse dançar?
Humor : Eu sou um tanto instável

MensagemAssunto: Re: [Shorfic Vocaloid] My Synchronicity   Qua 16 Nov 2011, 07:48

Arigatou Eos-kun *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Evangeline_Yue
Hiyama Kiyoteru
Hiyama Kiyoteru
avatar

Feminino Mensagens : 628
Idade : 20
Localização : Rio de Janeiro
Emprego/lazer : Dançar, cantar, desenhar, dançar, cozinhar, dançar...eu já disse dançar?
Humor : Eu sou um tanto instável

MensagemAssunto: Re: [Shorfic Vocaloid] My Synchronicity   Ter 22 Nov 2011, 17:36

PDV Len

Miku estava demorando, estava ficando receoso
E se ela não conseguir achar o caminho?

Apenas cante

Comecei cantarolar, nenhuma melodia em particular, apenas cantarolava

(N/A- A partir daqui as frazes em negrito são a visão da Miku e as em Itálico são do Len)

Ouvi um cantarolar
-É por ali! – aponte o caminho o iluminando e Mikuo o seguiu


Miku-sama, você pode me ouvir? Chegue logo, eu imploro

Me espere Len, estou quase chegando, por favor, agüente só mais um pouco.

O Dragão acordou, estamos perdidos
Tirei Rin do chão no exato momento em que ele ia esmaga-la


-Por onde agora Miku? – perguntou Nii-san
-Eu não sei, ele... parou... não... não pare...NÃO PARE DE CANTAR! – gritei com todas as minhas forças temendo o pior


-NÃO PARE DE CANTAR! – ouvi a voz de Miku gritando, ela não está longe
Voltei a cantarolar , dessa vez mais alto


Chegamos aonde eles estavam, Rin, Len e, infelizmente, o Dragão.


(N/A- Voltando para o PDV em 3° pessoa)

Mikuo podia sentir a respiração pesada da irmã, ele não sabia o que fazer e pelo jeito nem Len, Mikuo coloca Miku no chão.

-O que devemos fazer? – ele disse segurando ela pelos ombros – Miku, responda! –sacudiu um pouco ela

-Minha voz, ele quer... a minha voz – disse Miku fraca

-Não! Sem sua voz, seus poderes desaparecem e você morrerá! – Mikuo exclamou quase chorando

-É o meu povo Nii-san, mesmo que eu não tenha sido boa para eles, ainda assim é o meu povo

-Não deixarei que você morra! – ele sacou a espada e correu na direção do dragão, mas ao tentar perfurar a pela da besta, a espada se partiu em mil pedaços.
O Dragão irritado acertou Mikuo com uma de suas patas o jogando contra a parede de rochas, o sangue de Mikuo escorria pelo corte que na testa causado pelo golpe

-São feitas de ferro – disse Mikuo- As escamas dele são feitas de ferro! Não posso cortar...

-...mas posso derreter – disse Miku completando o irmão- Saiam daqui – disse Miku, se levantando com um pouco de dificuldade

-O que vai fazer Miku-sama? – disse Len

-Apenas saiam! E leve sua irmã junto, Obedeça-me! – Miku disse e Len e Rin saíram correndo por onde tínhamos entrado.

O dragão se agitou e tentou impedir a saída dos dois, mas Miku foi mais rápida e acertou um flecha de trevas no olho do animal, ele apara atordoado e vê que “ seu jantar” tinha escapado, se vira para Miku e cospe fogo na direção dela, Mikuo age rápido tirando-a do caminho.

-Feche a passagem!- Gritou Mikuo segurando Miku no colo

Ela explode a parede acima da entrada

-Por ali! – Miku apontou um ponto no topo da “caverna” que passava uma luz – É a única outra passagem

Miku projetava pequenas escadas de energia ajudando Mikuo a subir enquanto desviava as chamas do dragão criando uma barreira.

-Desse jeito não vou agüentar muito tempo! – gritou Miku

O calor subia ali dentro e os irmãos respiravam com dificuldade, a fumaça e o ar quente atrapalhavam e eles foram perdendo o fôlego!

-Estamos quase conseguido – Mikuo alcançou a borda do buraco e se puxou para cima – Venha! – Ele segurou a mão de Miku a puxando para cima- Agora faça

-Hai – Ela respirou fundo e colocou a penas a mão para dentro - realmente era um vulcão, onde a lava borbulhava abaixo do dragão, com apenas alguns metros de chão de lava petrificada – Miku concentrou o maximo de poder que conseguiu, causando uma grande explosão no chão, a lava começou a borbulhar, subindo, e o chão abaixo do dragão de partiu completamente, o afundando.
Finalmente, está acabado

-Eu... Consegui... Nii-san – Miku dizia pausadamente recupeando o fôlego.

-Sim, você conseguiu, e eu estou muito orgulhoso da minha Imouto-chan – ele beija a testa dela – agora vamos encontrar os Kagamine.

PDV Len

Consegui sair mais rápido do que entrei, carreguei Rin por todo o caminho Poe ainda estar fraca, ela é incrivelmente leve, o que será que ela come? Ela come?

-Eles vão ficar bem? – Rin disse fraca nas minhas costas

-Vão sim, Miku-sama é muito forte

-Foi ela que mandou me capturar não foi? Está tentando se redimir?

-Não, não foi ela, e não fale nada, você ainda está fraca, precisa se recuperar – sorri para ele

-Arigatou Len-aniki – depois desmaiou

Assim que sai do lugar subterrâneo que estávamos ouve uma explosão

-Por favor Miku-sama, esteja bem – foi andando lentamente no caminho que dava para cidade

PDV Miku

-Como sabia onde eu estava? – fomos andando pela floresta, em direção a cidade

-Um passarinho azul me disse – ele riu

Mikuo e eu vivíamos no palácio até a feiticeira me amaldiçoar como dragão, desde então Mikuo mesmo ainda tendo seu titulo de príncipe de Synchronicity, vive na aldeia como um camponês.

-E por acaso esse passarinho azul se chama Shion Kaito e mais por acaso ainda foi ele que levou o Kagamine até onde eu estava?

-Exatamente – ele sorriu – que tal corrermos?- ele sugeriu – uma pequena competição saudável entre irmãos, para relembrar os velhos tempos – ele piscou e começou a correr

-Ah você vai perder essa Nii-san – corri atrás dele

Logo te encontrarei Len

PDV 3° Pessoa

Miku e Mikuo chegaram primeiro na aldeia e foram para casa de Mikuo, modesta mas bem confortável.

Len e Rin chegarem logo depois e perguntando per uma mulher de cabelos compridos e azuis esverdeados conseguiu encontrar onde eles estavam

-Miku-sama! – disse Len ao entrar no quarto onde Miku repousava

-Kagamine-san! Você conseguiu! – disse Miku se levantando e abraçando Len – Fiquei com tanto medo de que algo tivesse acontecido – Miku cora ao perceber seu ato e solta Len – Me desculpe, me entusiasmei- se afasta um pouco

Len a segura pelo braço trazendo a mulher de volta para si
-Não me importo Miku-sama – ele a abraça novamente – Muito Obrigado Miku-sama, sem você não teria conseguido salvar Rin em você.

-Eu é que agradeço, por me tirar daquela prisão de pedra – Miku olhou para ele – É um nobre cavaleiro Kagamine Len – sorriu

Len sorri também e cora ao perceber a proximidade com a miko, que também notou.

Lentamente os rostos foram se aproximando, até os lábios serem envolvidos em um beijo apaixonado, e ali, beijando um estanho que conhecia a penas um dia e mesmo assim arriscou tudo para ajudar que a sarcedotisa Miku recuperou seu dom de cantar e encantar a todos da grande vila de Synchronicity.

É o começo de uma grande história de amor.
O fim de uma maldição.
Mas apenas o começo de uma maravilhosa aventura.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

-Conta de novo mamãe! – a pequena menina de 10 anos, com cabelos azuis esverdiados e olhos azuis, pediu pulando na cama

-Não hoje não, já está tarde – a mulher cobriu a filha colocando a livro sobre o criado mudo

-E o que foi feito dos personagens? E o Mikuo? E a Luka? E a Rin? – o menino, apenas um ano mais novo, com cabelos loiros e olhos aqua, perguntou

-Bem... – a mulher se sentou na cama do caçula – Rin se recuperou e virou a médica da vila, alguns anos depois casou-se com o cavaleiro Kaito e eles tiverem uma filha que se chama Utau, Mikuo e Miku continuaram como Rei e Rainha, a Luka foi condenada a viver como uma camponesa, sem direito a nenhum luxo, alguns anos depois Mikuo acabou se apaixonando pela Ruko, que se arrependeu de todos os seus pecados ajudando Luka e virou uma das cavaleiras do reino, Miku e Len se casaram alguns anos depois e tiverem dois lindos filhos, Reila e Ikuto, nem dragões nem feiticeiras perturbaram o reino, e todos foram felizes para sempre, agora vão dormir – a mulher sorriu, deu um beijo na testa de cada um e desejando um “boa noite” saiu do quarto, fechando as grandes porta de madeira.

-Eles já foram dormir? – o home loiro de olhos zuis perguntou abraçando a esposa

-Como Anjos – disse a mulher sorrindo – Meu querido cavaleiro Len – ela passou a mão pelo rosto do marido

-Minha querida sarcedotisa Miku – ele beijou a mão dela – O que acha de irmos para nosso quarto? – ele sorri malicioso

-Amei sua proposta- ela sorri de volta e ele vão de mãos dadas, andando pelos corredores de seu gigantesco palácio.


Como eu disse, uma grande história de amor...

Fim











From me ^^

É... acabou :s Agora vou ter que arrumar outra coisa para escrever

Arigatou a quem leu e não comentou
Arigatou a quem leu, não comentou mais votou
Arigatou ao Eos-kun que comentou *u*

E Honto ni Arigatou pra quem acompanhou My Synchronicity

Kissus da Yue-chan ^^
Bye bye
Voltar ao Topo Ir em baixo
xblayzerx
Admin. Samurai
Admin. Samurai
avatar

Masculino Mensagens : 7886
Idade : 26
Localização : Hell~
Emprego/lazer : Ler, cantar, jogar pokémon, desenhar, estudar, ver animês, ouvir música e andar de ômibus e.é
Humor : Sad~

MensagemAssunto: Re: [Shorfic Vocaloid] My Synchronicity   Qui 15 Mar 2012, 19:58

Ficou boa a fic *^* alguns errinhos de português é claro, mas é só treinar q

Nhá, o que houve com o trio gakupo, kaito e meiko? morreram? :O

_________________
--


crikaê nos bixin cuma?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sora-
Mod. Shinigami
Mod. Shinigami
avatar

Feminino Mensagens : 1324
Idade : 20
Localização : Blood dimension~
Emprego/lazer : Ficar no computador, cantar, desenhar...
Humor : Crazy X3

MensagemAssunto: Re: [Shorfic Vocaloid] My Synchronicity   Qui 15 Mar 2012, 20:24

Uwaaaaaaaaaaa >w<
Yue-senpai que fic mais linda *le emocionda*
Omedetou!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Saika
CUL
CUL
avatar

Feminino Mensagens : 1505
Idade : 16
Localização : Essa parte não é necessária
Emprego/lazer : Estudante
Humor : Variável

MensagemAssunto: Re: [Shorfic Vocaloid] My Synchronicity   Sex 16 Mar 2012, 06:29

Continua Yue /o/
Voltar ao Topo Ir em baixo
xblayzerx
Admin. Samurai
Admin. Samurai
avatar

Masculino Mensagens : 7886
Idade : 26
Localização : Hell~
Emprego/lazer : Ler, cantar, jogar pokémon, desenhar, estudar, ver animês, ouvir música e andar de ômibus e.é
Humor : Sad~

MensagemAssunto: Re: [Shorfic Vocaloid] My Synchronicity   Sex 16 Mar 2012, 11:22

Saika, a fic é de 3 capítulos. Infelizmente, não tem continuação °^°

_________________
--


crikaê nos bixin cuma?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [Shorfic Vocaloid] My Synchronicity   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Shorfic Vocaloid] My Synchronicity
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
V O C A L O I D :: OFF - :: Fanfics :: Completas-
Ir para: